domingo, 20 de outubro de 2013

//Voices of my Mind: Impressive Instant


Não esperava muita coisa daquela noite. Seria uma festa normal, cheia de fãs, mas não esperava nada. Apenas dançar, conhecer pessoas e rever alguns amigos. Então, nossos olhares se cruzaram e só se perderam no final da noite, quando você foi embora. Você estava com seu namorado e eu não estava nem aí. Eu te queria. Queria beijar sua boca, sentir seu corpo junto ao meu, dançar com você. Eu queria você e você me queria. Eu via em seus olhos que não perdiam os meus.
Você me desejava. Queria sentir sua língua em minha boca. Sua mão ao redor do meu corpo, me acariciando. Naquele momento, poderia arrancar sua roupa na pista de dança. Sentir seu corpo nu. Ninguém mais existia naquele lugar. Só eu e você.
E eu te amaria, cada detalhe do seu corpo. Ao som da música, eu te amaria. E eu sei que você não me negaria nada que te pedisse. Eu via em seus olhos.
Profundamente, eu senti que em algum lugar, a gente se amou. Naquela noite, em algum momento, a gente se amou.

I did not expect much more from that night. It would be a normal party, full of fans, but expecting nothing. Just dance, meet people and review some friends. Then our eyes met, and only lost at the end of the night when you went away. You were with your boyfriend and I did not care. I wanted you so deeply. I wanted to kiss your mouth, feel your body next to mine, dance with you. I wanted you and you wanted me back. I saw in your eyes that did not lose mine.
You desired me. I wanted to feel your tongue in my mouth. Your hand around my body, caressing me. At that moment, I could rip your clothes on the dance floor. Feeling your naked body. No one else existed there. Just you and me.
And I’d love you, each part of your body. At the sound of music, I’d loved you. And I know you wouldn’t deny anything that I asked to you. I saw in your eyes.
Deeply, I felt that somewhere, we made love. In that night, at some point, we did.

Conto Extraído do meu livro Voices of my Mind (www.voicesofmymind.com.br)

Red Kisses,
Chris, The Red

Postar um comentário